Aumentar o tamanho da fonte   Diminuir o tamanho da fonte
Lista Telefônica E-mail
Facebook Twitter Instagram

Arquivologia é uma das novidades do PS 2012 da UFPA

O curso de Arquivologia é uma das duas novas graduações criadas na Universidade Federal do Pará e já ofertada no Processo Seletivo 2012. A graduação fará parte do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA) e será vinculada à Faculdade de Biblioteconomia da Universidade.

 

O início do curso está previsto para o segundo semestre de 2012,  funcionando no turno vespertino. Serão ofertadas 40 vagas e os alunos interessados já podem inscrever-se para concorrer a uma delas no Processo Seletivo 2012 (PS-2012) da UFPA, com inscrições pelo site do Centro de Processos Seletivos (Ceps), até o dia 5 de outubro.

 

Estratégia – Segundo o diretor da Faculdade de Biblioteconomia, professor Williams Pinheiro, a criação do novo curso é estratégica para a região amazônica e representa uma melhoria no tripé base da UFPA. “O curso de Arquivologia fará com que a UFPA amplie sua capacidade instalada para cumprir sua missão institucional, na qual os pilares ensino, pesquisa e extensão serão contemplados a partir da necessidade de atendimento de uma demanda reprimida na formação de arquivistas em nosso Estado.”

 

Ainda segundo o professor, as dificuldades em encontrar profissionais arquivistas não está apenas dentro da UFPA. “Amazonas (UFAM) e Pará (UFPA) dão, portanto, um grande passo para formação de profissionais arquivistas, possibilitando que empresas e instituições, num futuro próximo, encontrem arquivistas formados na região e, assim, contrate-os para desenvolverem suas políticas de gestão documental em seus arquivos”, complementa.

 

Atuação – O arquivista é aquele profissional que tem no arquivo o seu objeto de atividade, tanto técnica quanto científica. Ele atua na gestão de arquivos e, por isso, demanda uma série de conhecimentos teóricos e práticos. “Esse trabalho, por sua vez, envolve o estudo da constituição, da organização, do desenvolvimento e da utilização dos documentos produzidos ou recebidos organicamente por uma pessoa ou por uma organização (pública ou privada), em decorrência das atividades para as quais foram criados, independentemente do suporte em que as informações estejam registradas, as quais podem servir à função de prova legal-administrativa ou, ainda, de fonte de pesquisa”, explica o professor Williams.

 

Nessa perspectiva, foi criado o Plano Pedagógico do curso, o qual procura aliar as capacidades humanísticas dos futuros profissionais arquivistas com os conhecimentos históricos, teóricos e metodológicos da profissão. Para ministrar as disciplinas do curso, serão contratados novos professores, com formação em Arquivologia, além das disciplinas em comum com outros cursos, quando serão convidados professores da UFPA em várias áreas, como Direito, História, Geografia, Letras, Filosofia, Estatística e a própria Biblioteconomia.

 

Saiba mais sobre a profissão: Legislação, mercado de trabalho e remuneração. Clique aqui.

 

Texto: Dilermando Gadelha – Assessoria de Comunicação da UFPA

Publicado em: 27.09.2011 17:49