Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Reitor ministra aula inaugural no Mestrado Profissional em Economia Aplicada
Início do conteúdo da página

Reitor ministra aula inaugural no Mestrado Profissional em Economia Aplicada

  • Publicado: Segunda, 15 de Abril de 2019, 18h09

ICSA 1 Alexandre de Moraes

Na última quinta-feira, 11, no auditório do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), ocorreu a aula inaugural do Mestrado Profissional em Economia Aplicada, ministrada pelo reitor Emmanuel Tourinho. Também estiveram presentes o diretor do ICSA, professor Armando Lírio; o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada, professor Douglas Alencar; o pró-reitor de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal, Raimundo Almeida; a professora Márcia Jucá Teixeira Diniz e o professor José Nazareno Araújo dos Santos.

Pós-graduação bem estruturada - O reitor enfatizou, na sua fala, que a pós-graduação no Brasil é bem estruturada, por meio da atuação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e sua política de avaliação e fomento. “O Brasil, em poucos anos, alcançou resultados significativos no que se refere à pós-graduação, principalmente quando levamos em consideração que a maioria das universidades do País possui menos de 100 anos. A UFPA, por exemplo, é uma liderança na Região Norte e comemoramos apenas 61 anos de existência”. O reitor completou: “o sistema de pós-graduação está passando por uma fase de transição, em que os grupos de pesquisa são provocados a interagir com mais grupos não acadêmicos na sociedade. A eficiência esperada é que a competência científica e tecnológica seja refletida no ambiente econômico-social. Para que isso ocorra, certos impactos do que produzimos na universidade devem envolver outros atores/setores sociais na comunidade. O mestrado profissional surge nesse contexto e é uma vertente da aplicação desse novo paradigma.”

IMG 20190416 WA0010Expectativas - Para o diretor do ICSA, professor Armando Lírio, a demanda pelo mestrado profissional superou as expectativas, “Neste processo seletivo, inicialmente foram ofertadas 14 vagas, e, desse total, 10 foram reservadas aos servidores da UFPA; e as quatro restantes, à demanda geral. Tivemos 100 inscritos, dos quais 30 eram servidores. Foi uma grata surpresa, finalizamos com uma turma de 21 alunos, sendo 11 servidores e 10 de demanda geral. O mestrado veio para ratificar essa demanda pela aplicação do conhecimento”, ressaltou o diretor.

O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada, professor Douglas Alencar, pontuou a questão da parceria com a Progep para viabilização do curso. “A demanda inicial para criação do mestrado surgiu de uma provocação da Secretaria da Fazenda do Estado e tornou-se possível por meio desta parceria com a Progep, que investiu na ideia para capacitação dos servidores, o que foi refletido na grande demanda de inscrições. Nossa expectativa é poder desenvolver esses projetos, contribuir com a Universidade e com a região, o que vai refletir na qualidade dos serviços da própria instituição.”

Gestão articulada - O pró-reitor de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal, Raimundo Almeida, evidenciou a gestão articulada de pessoas nos ambientes de trabalho e no serviço público. “Além da gestão, somos responsáveis por atividades de cadastro, pagamento, seleção e admissão, aposentadoria e outras relacionadas à vida funcional do servidor na Instituição, como as ações de saúde e qualidade de vida e ações direcionadas para o desenvolvimento e capacitação dos servidores.”

O servidor Arleson Eduardo Monte Palma Lopes, discente do curso, ressaltou a importância da capacitação para o seu desenvolvimento na carreira. “Pretendo transformar o conhecimento adquirido na pós-graduação e aplicar no meu trabalho, com o objetivo de otimizar fluxos, demandas e processos, garantindo, assim, eficiência e produtividade.”

A disponibilização das vagas para servidores atende ao objetivo estratégico de “valorizar o servidor com foco em resultados”, que faz parte do Plano de Desenvolvimento da Unidade (PDU) da Progep. O mestrado possui duas linhas de pesquisa: Macroeconomia e Finanças Públicas e a de Planejamento e Gestão de Políticas de Desenvolvimento Regional.

Texto: Ascom Progep
Foto: Alexandre de Moraes e Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página