Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Roda de conversa marca Dia Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança
Início do conteúdo da página

Roda de conversa marca Dia Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança

  • Publicado: Segunda, 15 de Abril de 2019, 18h20

violencia infantil

A Escola Estadual de Ensino Médio Augusto Meira, em Belém, recebe, nesta terça-feira, 16, às 9h, a roda de conversa “Violência Sexual: sinais e sintomas”, promovida pela Fundação Parápaz, pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SejuDH) e pelo Conselho Estadual sobre Drogas do Pará (Coned-PA), com apoio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e da Universidade Federal do Pará (UFPA).

A programação marca a passagem do Dia Estadual de Enfrentamento da Violência, do Abuso e da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído para garantir a proteção integral de meninos e meninas como sujeitos de direitos e em condição peculiar de pessoas em desenvolvimento. Criada para dar visibilidade ao tema, a Lei nº 8.101/15 promove a defesa dos direitos e a realização de ações de prevenção, articulação e mobilização para o fim da violência, abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes.

O tema será abordado, com professores e pais de alunos, pela assistente social Altair Vergne, pela psicóloga Ana Júlia Sampaio e pela técnica de enfermagem Débora Hosana, da equipe técnica da Parápaz Integrada/Santa Casa. Elas vão esclarecer, orientar e debater as formas de se identificar os sintomas e prevenir qualquer tipo de abuso ou exploração sexual contra crianças e adolescentes. 

Além da Escola Augusto Meira, participarão do evento professores e pais de alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Aníbal Duarte, em que o Coned, a SejuDH e a UFPA desenvolvem o Projeto “Reconstruindo Sonhos”, voltado à prevenção ao uso de drogas em escolas públicas e aos danos que essas substâncias ilícitas podem causar, incluindo os casos de violência sexual. A roda de conversa sobre esse tipo de violência servirá para ampliar a compreensão sobre o tema, colaborando para que tanto os pais como os professores dessas unidades também possam identificar nos alunos e nas alunas os sinais e os sintomas comuns a quem sofreu violência sexual.

Parápaz Integrado - Por meio de um modelo de atendimento interdisciplinar e interinstitucional com a equipe técnica da Santa Casa, da Secretarias de Saúde e de Assistência Social, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e da Polícia Civil, o Parápaz Integrado constitui um serviço de atenção integral à redução dos danos físicos e psíquicos causados pela violência contra crianças, adolescentes e suas famílias, abrindo um caminho de confiança e referência entre sociedade e Estado.

Além da Região Metropolitana de Belém (RMB), com os Núcleos Santa Casa e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, a Fundação Parápaz possui Núcleos Regionais do Baixo Amazonas (Santarém), da Zona Bragantina (Bragança), da Região do Xingu (Altamira), da Região do Lago (Tucuruí), da Região Guajarina (Paragominas), da Região do Marajó (Breves) e da Região Sudeste (Marabá).

Texto: Fundação ParáPaz

registrado em:
Fim do conteúdo da página