Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Hospital Universitário Bettina Ferro marca a sua história com a primeira certificação em fellowship
Início do conteúdo da página

Hospital Universitário Bettina Ferro marca a sua história com a primeira certificação em fellowship

  • Publicado: Terça, 09 de Julho de 2019, 18h14

certificado HUJBB 2

O Hospital Bettina Ferro de Souza (HUBFS) registrou mais um marco ao longo dos seus 25 anos de funcionamento. No último dia 5 de julho, certificou a sua primeira concluinte do Programa de fellowship em transplante de córnea, a oftalmologista Raissa Tereza Casseb Oliveira. Implantada em 2018 no HUBFS, a capacitação é uma opção para os médicos continuarem praticando a medicina no sentido mais estrito, seja clinicando, seja operando. A certificação ocorreu no auditório da Instituição Hospitalar, com a presença de gestores, colaboradores e familiares da médica.

A implantação de fallowship no Bettina Ferro é a realização de um sonho do ex-diretor do HU e atual superintendente do Complexo Hospitalar, o médico e sociólogo Paulo Roberto Amorim. Junto ao oftalmologista e preceptor do Bettina Ferro, José Jesu Sisnando, ele afirmou que o objetivo é possibilitar aos oftalmologistas do Pará a continuidade de seus estudos e observou a certificação de Raissa Oliveira como a concretização desse sonho.

373x212 certificado HUJBB"Até 2011, o Bettina não tinha uma identidade, e ao assumi-lo, começamos a construí-la. Hoje, firmou-se como hospital da oftalmologia, da otorrinolaringologia e do crescimento e desenvolvimento das crianças. Com isso, começamos no hospital a fazer escola, oferecendo o internato, a residência e, agora, o fellowship em transplante de córnea, uma luta intensa e o doutor Jesu foi o baluarte para chegarmos a essa vitória, porque essa formação era feita no sul e sudeste do País", ressaltou.

A gerente de Atenção à Saúde do Bettina Ferro, Ana de Fátima Brito, pontuou a participação do oftalmologista Jesu Sisnando para o crescimento do hospital na área da Oftalmologia. "O doutor Jesu tem muita importância em nossa instituição, porque muitos oftalmologistas passaram por ele e alguns estão hoje aqui, construindo a história do hospital 100% Sistema Único de Saúde, trabalhando na assistência, no ensino e na pesquisa. Então, Raissa, como primeira concluinte em fellowship, é resultado de um trabalho que se pensa a partir da política de ensino da Oftalmologia", disse.

O Dr. Jesu resumiu a certificação de Raíssa Oliveira em um trabalho conjunto de ambos, sobretudo ao que diz respeito, a ele, em cumprir com o seu compromisso de ensinar, e, a ela, a dedicação, "por ser uma aluna exemplar e interessada sempre a aprender". Mas, ele enfatizou que essa responsabilidade coube aos pais da jovem, "seus eternos orientadores e motivadores".

373x212 certificado HUJBB 1Raissa Oliveira recebeu o certificado das mãos de Paulo Amorim, e não escondeu da plateia a emoção de ser a primeira a receber a certificação histórica no Bettina Ferro. Ela lembrou dos desafios superados para alcançar o feito, assim como a participação de seus pais e do seu preceptor, caracterizando-o como um dos seus maiores entusiastas. Ela contou que decidiu fazer fellowship no Bettina Ferro, por ter a certeza do ensino de excelência que oferece. "Então, é necessário valorizar a nossa região, porque temos recursos profissionais capacitados, tanto quanto em outras localidades do país", frisou.

Sobre a Ebserh - Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh. O Complexo Hospitalar da UFPA integra a Rede Ebserh desde outubro de 2015.

Texto: Edna Nunes – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh
Fotos: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página