Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Sem aulas, mas ainda funcionando, UFPA anuncia ações contra coronavírus
Início do conteúdo da página

Sem aulas, mas ainda funcionando, UFPA anuncia ações contra coronavírus

  • Publicado: Quarta, 18 de Março de 2020, 00h39

Pórtico Principal da UFPA Foto Alexandre Moraes 1

Os portões da Universidade Federal do Pará (UFPA) não serão fechados, mas aulas presenciais na Instituição estão suspensas até o dia 12 de abril. A decisão é para minimizar possibilidade de contágio pelo novo coronavírus e reduzir a reunião de grande número de pessoas na UFPA.

Em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira, 17 de abril, o reitor Emmanuel Tourinho, explicou que pesquisadores, médicos e demais integrantes do Grupo de Trabalho da UFPA sobre o novo coronavírus consideram que há possibilidade de o vírus causador da Covid-19 já estar circulando no Pará e por isso é preciso agir imediatamente.

17.03.2020 Coletiva Coronavirus Foto Alexandre de Moraes 3“Nos últimos dias, tivemos a confirmação dos primeiros casos no norte do país, no Amazonas e no Acre. Além disso, aumentou consideravelmente o número de casos confirmados no Brasil. Tudo isso é um indicativo de que precisamos atuar para prevenir o contágio pelo novo coronavírus”.

Sem aulas, a UFPA ainda estuda se e como funcionarão os serviços e atendimentos diversos que a Instituição mantém. Por hora, já se sabe que o Restaurante Universitário e o Sistema de Bibliotecas devem parar de funcionar a partir de quinta-feira, por serem locais que normalmente atraem grande número de pessoas.

“Este é um esforço para que passemos com o menor dano possível por esta pandemia. Nossa recomendação à comunidade universitária é evitar locais com grande circulação de pessoas”, orientou Emmanuel Tourinho.

17.03.2020 Coletiva Coronavirus Foto Alexandre de Moraes 1Um esforço coletivo e individual ao mesmo tempo – Participaram também da coletiva a professora Regina Feio Barroso, diretora do Complexo Hospitalar da UFPA (Hospitais Universitários João de Barros Barreto e Bettina Ferro de Souza) e Rita Medeiros, coordenadora do GT sobre o coronavírus da UFPA e médica infectologista do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade. O reitor reforçou que todos podem ajudar a lidar com esse risco e que a UFPA, com sua expertise e papel social , não estará parada durante a pandemia.

“Manteremos em funcionamento os nossos hospitais universitários. Nossos pesquisadores e coordenadores de projetos de extensão estão também analisando como ajudar. Ações de pesquisa, orientação e atenção à saúde serão desenvolvidas. Também serão mantidas as atividades assitenciais das residências em saúde. Agora passamos a uma nova fase, em que as unidades analisarão o que pode ser mantido e como serão organizados os serviços essenciais”, aponta o reitor da UFPA.

Para ele, todos podem colaborar para minimizar os efeitos da pandemia. “Se cada um compartilhar informações fidedignas, de fontes confiáveis, disseminar as orientações sobre o que fazer diante de sintomas, já será uma grande contribuição individual”, apontou Emmanuel Tourinho.

Serviço:

A UFPA criou uma página específica de orientação à comunidade universitária que atende no https://coronavirus.ufpa.br/

Texto: Glauce Monteiro - Assessoria de Comunicação da UFPA
Fotos: Alexandre de Moraes

registrado em:
Fim do conteúdo da página