Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Campus Abaetetuba produz máscaras para auxiliar profissionais de saúde no combate ao novo coronavírus no Pará
Início do conteúdo da página

Campus Abaetetuba produz máscaras para auxiliar profissionais de saúde no combate ao novo coronavírus no Pará

  • Publicado: Sexta, 03 de Abril de 2020, 21h04

prof abaetetuba máscaras corona

O professor do curso de Física do Campus Universitário da UFPA - Abaetetuba Marcos Allan Leite está produzindo máscaras de proteção facial em impressora 3D, no  Laboratório de Modelagem, Simulação e Controle de Sistemas (Lamosic), para ajudar na proteção dos profissionais da saúde, que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

As primeiras máscaras foram produzidas esta semana e devem ser entregues, na próxima semana, ao Grupo de Trabalho (GT) sobre o novo coronavirus da UFPA, que discute formas de prevenção, realiza estudos e elabora orientações para a comunidade acadêmica.

abaetetuba máscaras corona 2Para realizar o trabalho, o docente se inspirou em outras instituições de ensino do Brasil que já vinham trabalhando em ações semelhantes.  “Vendo um movimento no sul do país de produção de máscaras do tipo faceshield, pelas universidades, por causa do aumento no número de demandas, então, resolvemos produzir essas máscaras também para ajudar os profissionais de saúde”, afirma o professor Marcos Allan.

Para a produção das máscaras foram utilizados filamento de ABS, PLA para impressão dos suportes, acetato para a produção das viseiras e elástico para fixar o sistema ao usuário. Além de Marcos Allan, a  produção também contou com o apoio do professor Dhonata Oliveira, ex-aluno do curso de Física do Campus de Abaetetuba.

“Nosso objetivo é entregar esses materiais para o GT e continuar produzindo máscaras até o término da matéria prima”, explica Marcos Allan.

abaetetuba máscaras corona 1

Grupo de Trabalho da UFPA - No dia 13 de março, a Universidade Federal do Pará instalou um Grupo de Trabalho (GT) sobre o novo coronavírus, para acompanhar a evolução do cenário epidemiológico da doença COVID-19 e divulgar recomendações à comunidade acadêmica.

O GT é composto por pesquisadores da área de saúde, administração, comunicação, gestores de ensino, pesquisa e extensão, representantes de dirigentes de unidades e campi, além de representação estudantil, sob a presidência da professora Rita Medeiros, infectologista do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB).

Texto: Giovane Silva – Assessoria de Comunicação do Campus Abaetetuba
Fotos: Giovane Silva e Marcos Allan

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página