Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Professor da UFPA lança livro sobre o processo de desenvolvimento capitalista periférico brasileiro
Início do conteúdo da página

Professor da UFPA lança livro sobre o processo de desenvolvimento capitalista periférico brasileiro

  • Publicado: Terça, 07 de Abril de 2020, 17h56

Livro Prof José Trindade

O professor José Raimundo Trindade, do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), irá realizar o lançamento do livro “Agenda de debates e desafios teóricos: a trajetória da dependência e os limites do capitalismo periférico brasileiro e seus condicionantes regionais”, na próxima sexta-feira, 10 de abril, às 19h. O lançamento será realizado virtualmente em virtude da atual política de isolamento social.

O livro busca desenvolver uma crítica sobre o processo de desenvolvimento capitalista periférico brasileiro, estabelecendo chaves de interpretação para três elementos do atual momento de crise social: o aprofundamento radical das condições de periferização da economia brasileira no novo quadro geopolítico mundial, bem como sua interação com as demais economias e sociedades latino-americanas; a caracterização das dinâmicas regionais do atual padrão econômico baseado na exportação agrária e mineral e a análise do padrão de reprodução do capital de especialização exportadora, fator contraditório e paradoxal considerando as características estruturais da sociedade brasileira.

A obra contou com o apoio do Observatório Paraense do Mercado de Trabalho (Opamet) e do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE/UFPA), do qual o organizador, José Raimundo Trindade, é professor. O valor dos livros vendidos será destinado à República de Emaús, para a realização de ações voltadas aos atingidos pela crise da Covid-19. 

Divisão internacional de trabalho - A divisão internacional do trabalho estabelece três zonas na economia mundial: o centro, a semiperiferia e a periferia, sendo que essa divisão aparece funcional para garantir a apropriação de riqueza pelos centros e novos centros, permitindo o desenvolvimento do capitalismo nas regiões de liderança tecnológica e o subdesenvolvimento (em condições de dependência) nas regiões de menor progresso tecnológico.

“Numa era em que o controle financeiro e tecnológico se mistura às crises ambientais e sanitárias, como a que hoje vivenciamos com a Covid-19, os aspectos de análise de subordinação geopolítica entre nações se materializam em um ponto de debate e conhecimento centrais para se pensar a América Latina, o Brasil e a Amazônia inseridos nesta disputa global”, lembra José Raimundo Trindade, que é membro da Associação Brasileira de Economistas pela Democracia (ABED).

O livro está dividido em sete capítulos, que incluem uma agenda de debates visando ao desenvolvimento da teoria marxista da dependência, uma análise das alterações na economia brasileira e as contradições de um padrão de reprodução baseado no agrário e na extração mineral com vistas à exportação, à problematização de aspectos regionais e à forma como as economias subnacionais se inserem neste padrão de reprodução de especialização primária exportadora; à relação entre a economia e a sociedade brasileira e seu papel subimperialista no contexto latino-americano; às vulnerabilidades externas regionais, buscando inserir o espaço regional no amplo debate das alterações estruturais da economia brasileira; a uma análise crítica do padrão de reprodução do capital assentado nas “terras brasilis”, que é a superexploração da força de trabalho, entre outras temáticas.

Serviço:

Lançamento virtal do livro “Agenda de debates e desafios teóricos: a trajetória da dependência e os limites do capitalismo periférico brasileiro e seus condicionantes regionais”

Local: Página do Observatório Paraense do Mercado de Trabalho

Data: 10/04/2020

Horário: 19h

Duração da Live: 30 minutos.

Texto e arte: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página