Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Campus Altamira integra projeto de teleatendimento para orientações acerca da Covid-19
Início do conteúdo da página

Campus Altamira integra projeto de teleatendimento para orientações acerca da Covid-19

  • Publicado: Quinta, 28 de Maio de 2020, 16h20

orientacovidUFPA

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Pará - Campus Altamira lançou, no último dia 26 de maio, o Teleatendimento Orienta Covid, em parceria com a Unicamp e a Secretaria Municipal de Saúde de Altamira. O projeto foi inicialmente idealizado pela Unicamp, com o apoio da Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), que visa apoiar o aprimoramento de projetos em telemedicina já existentes e incentivar o surgimento de novos trabalhos interinstitucionais.

O Orienta Covid conta com a participação de alunos, professores, técnicos e profissionais da saúde e é coordenado pelo doutor Ademir Ferreira da Silva Júnior e pelo discente do curso de Medicina Bruno da Silva Evangelista. Por meio do número 0800 042 0518, uma equipe voluntária vai atender à população de Altamira e regiões. São 60 voluntários, que se revezam em grupos de 42 integrantes, diariamente, de segunda a domingo, das 8 às 20 horas. 

“A UFPA será uma das instituições de ensino que participarão desta iniciativa em âmbito nacional, com apoio da Unicamp”, explica o diretor da Faculdade de Medicina - Altamira, Renan Rocha Granato.

O projeto tem o objetivo de tirar dúvidas da população sobre os mais variados temas relacionados à doença, bem como pretende evitar idas desnecessárias das pessoas às unidades de saúde.

“A UFPA está oferecendo um serviço que vai ajudar a população a lidar com prevenção e enfrentamento da doença da forma mais assertiva possível, diante de um universo de informações que bombardeiam as pessoas diariamente pelas mídias sociais, levando, muitas vezes, à confusão e desinformação. Orientar a população sobre as principais medidas preventivas e informar onde procurar atendimento, em casos que sejam necessários, é a missão deste projeto. Assim, conseguiremos restringir a progressão desta pandemia na cidade”, explica o professor Ademir Júnior.

Conhecimento em favor da comunidade - Trazer para a comunidade a participação do acadêmico de Medicina no contexto da pandemia pode criar uma relação benéfica, principalmente tendo em vista as dificuldades do sistema de saúde no atual cenário de pandemia, diante do qual recaem altas demandas sentidas em âmbito nacional.

“A intenção é criar um impacto na saúde de valor relevante para a prestação de serviços sociais e auxílio às instituições de saúde de Altamira e região. Deseja-se, também, que este projeto se torne referência ao se falar sobre orientação à Covid-19 e, dessa forma, consiga atender às pessoas que se sentem desamparadas neste momento”, ressalta Bruno Silva.

O auxílio à comunidade, além de servir para sanar dúvidas e informar, também facilita o direcionamento das pessoas ao serviço mais adequado às suas necessidades.

“Este projeto tem um poder de ajuda muito grande, pois conseguimos orientar um caso leve ou caso que necessite ir para uma unidade de saúde para monitoramento ou atendimento imediato. Vale ressaltar que este projeto não possui fins de consulta médica por via telefônica, mas orientações aos pacientes quanto à pandemia”, finaliza o professor Ademir Júnior.

Texto e arte: Divulgação Campus Altamira

registrado em:
Fim do conteúdo da página