Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Programa Inova Tec inscreve projetos nas áreas de inovação, ciência e tecnologia até dia 15
Início do conteúdo da página

Programa Inova Tec inscreve projetos nas áreas de inovação, ciência e tecnologia até dia 15

  • Publicado: Terça, 05 de Dezembro de 2017, 18h44
  • Acessos: 239

Inovatec 2017

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação no País, o Programa Inova Tec está com inscrições abertas. Para executar projetos cooperativos entre empresas e Instituições de Ensino Superior (IES) na área de inovação, o programa concede bolsas a graduandos e auxílios para os professores orientadores. São 200 bolsas para Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI), as inscrições seguem até 15 de dezembro. O Inova Tec é uma realização do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e apoio do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (FORTEC).Veja o edital aqui.

Enquanto as bolsas serão integralmente custeadas pelo CNPq, o projeto, com duração máxima de 12 meses, receberá auxílio das empresas, no valor total de R$ 6.600,00. Além disso, 30% dos recursos devem ser direcionados a projetos ligados às IES do Norte, do Nordeste ou do Centro-Oeste.

Propostas de Projetos - Para submeter os projetos, as empresas e os institutos deverão contatar o Núcleo Regional do Instituto Euvaldo Lodi da sua Unidade da Federação, por meio do site, para obter o login e a senha do Portal do programa. No site, as propostas devem ser enviados por meio do formulário on-line de inscrição de projetos. Cada empresa poderá submeter um projeto e solicitar uma bolsa.

Processo Seletivo - As propostas inscritas serão avaliadas pelo Comitê de Avaliação do CNPq e aprovadas até 16 de janeiro. A análise dos projetos será realizada levando em consideração a clareza, a objetividade do projeto e a relevância e o grau de inovação para a empresa. Também levará em conta o perfil do bolsista, do coordenador, da empresa e da instituição de ensino. A pontuação final de cada projeto será calculada pela média ponderada das notas atribuídas. Após o resultado final, em fevereiro de 2018, serão assinados os termos de parceria entre o IEL, as/os Empresas/Institutos, os coordenadores de projeto e o CNPq. A partir do dia 3 de fevereiro, os bolsistas serão indicados na plataforma Carlos Chagas.

Requisitos - O bolsista selecionado, assim como o coordenador e o representante na empresa  devem cadastrar e/ou atualizar o currículo da Plataforma Lattes do CNPq (lattes.cnpq.br). Também deverão escrever relatórios trimestrais simplificados para o respectivo Núcleo Regional do IEL. Além disso, devem participar e apresentar o resultado do projeto/trabalho no evento anual promovido pela Instituição de Ensino Superior.

Mais informações no edital.

Texto: Alice Palmeira - Assessoria de Comunicação da UFPA

registrado em:
Fim do conteúdo da página