Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Choro paraense é destaque na Mostra Sarauparauara nesta quinta-feira, dia 13
Início do conteúdo da página

Choro paraense é destaque na Mostra Sarauparauara nesta quinta-feira, dia 13

  • Publicado: Quarta, 12 de Setembro de 2018, 17h57

Mostra SarauParauara

O extenso e curioso título "Sarauparauara", que dá nome à Mostra musical e ao Projeto de Extensão que abarca diversas ações na Escola de Música da UFPA (entre elas, a própria mostra,), não poderia ter sido melhor escolhido. Quase um trava língua, a palavra agrega, ao mesmo tempo, o sentido de um evento cultural que reúne pessoas para fazer atividades recreativas (como ouvir música, recitar poesia, conversar) e também a valorização da produção musical feita por compositores paraenses, portanto música parauara. Congregando alunos, professores, músicos de diversos instrumentos e apreciadores, os encontros ocorrem regularmente, possibilitando a leitura e o aperfeiçoamento interpretativo de obras musicais, num descontraído clima de sarau.

Vez por outra, a produção dos saraus é organizada em formato de recital e trazida ao grande público por meio das mostras. Nestas apresentações, já foram homenageados compositores paraenses, como Luiz Pardal, Altino Pimenta, Marcos Quintino Drago, José Agostinho da Fonseca, Wilson Fonseca, Vicente Fonseca, Yuri Guedelha, Elienay Carvalho, André Gaby e José Maria Bezerra. Na próxima mostra, além de alguns dos já citados, estará em destaque Adamor do Bandolim, importante personalidade do choro paraense.

Nascido num ambiente musical acadêmico, no qual, tradicionalmente, é valorizada a música erudita ocidental, o Projeto Sarauparauara, a princípio, trabalhava com compositores paraenses mais próximos de tal realidade. No entanto foi ampliando sua atuação e trazendo para o ambiente formal de ensino outras tradições musicais, como o carimbó, a marujada e o choro. "A proposta dessa apresentação é exatamente esta: trazer o Gente do Choro e o Adamor do Bandolim para aproximar essas práticas musicais à nossa vivência acadêmica cotidiana. Quanto mais nós pudermos tornar dinâmica essa aproximação com a nossa própria cultura, mais interessante e rica fica a formação dos nossos alunos", destaca o professor doutor Celson Gomes, coordenador do projeto.

Reativação da CameratAmazônica - Uma das novidades que o público poderá conferir na mostra é a reativação da CameratAmazônica, grupo de cordas composto por professores e alunos da EMUFPA, além de convidados, que foi bastante atuante entre os anos de 2003 e 2005 em Belém. Igualmente, com a premissa de divulgar a música produzida na região e levá-la a diversos palcos, a CameratAmazônica atuou ao lado de diversos artistas paraenses, entre eles Nilson Chaves, Andréia Pinheiro e Fafá de Belém. Está previsto para ocorrer, ainda neste semestre, três shows em parceria com a cantora Dayse Addario.

Serviço:
Mostra Sarauparauara
Dia 13 de setembro (quinta-feira)
Local: Igreja de Santo Alexandre - Praça Frei Caetano Brandão, s/n, Cidade Velha.
Horário: 19h
Entrada franca

Texto e arte: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página