Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Associação dos Agricultores Familiares de Abaetetuba obtém selo nacional
Início do conteúdo da página

Associação dos Agricultores Familiares de Abaetetuba obtém selo nacional

  • Publicado: Segunda, 24 de Dezembro de 2018, 14h39

AFAFA AGRICULTRA FAMILAR

A Associação dos Agricultores Familiares de Abaetetuba (AFAFA), no nordeste paraense, conseguiu obter o Selo Nacional “Aqui tem Agricultura Familiar”. A conquista é fruto das atividades desenvolvidas em parcerias pelo Grupo de Pesquisa-Ação Dispositivos, Instituições e Desenvolvimento Rural (DIDRA), da UFPA do campus de Abaetetuba, coordenado pelo professor Livio Sergio Dias Claudino.

As ações foram realizadas em colaboração com o projeto de iniciação tecnológica e industrial do CNPq, vinculado ao Programa Mercados Institucionais de Alimentos, coordenado pelo professor Armando Lírio de Souza (ICSA/UFPA) e com o projeto Incubadora de Empreendimentos Econômicos Solidários, sob a responsabilidade do professor Bruno Lucena (ICSA/ UFPA).

Aqui tem Agricultura Familiar - O selo reconhece a produção da Agricultura Familiar que é comercializada na feira da AFAFA, além de possibilitar um forte potencial de divulgação e assegurar, para os consumidores, o direito de saber a origem dos produtos, vinculando-as às noções contemporâneas de sustentabilidade.

Com ele, valores como sustentabilidade, responsabilidade social, responsabilidade ambiental, valorização da cultura, da produção agroextrativista e da pecuária regional e, consequentemente, o desenvolvimento sustentável, passam a ser reconhecidos nos agricultores familiares de base camponesa membros da associação.

Após identificação da potencialidade do selo para a Associação, por meio de metodologias participativas, pela aplicação da matriz de planejamento estratégico SWOT, foi feito o cadastro da AFAFA na plataforma “Vitrine da Agricultura Familiar” da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), realizada com o apoio do discente Diego Cavalcante, do curso de Engenharia Industrial (UFPA - Abaetetuba), e bolsista diretamente ligado à ação.

A plataforma tem como propósito ampliar a visibilidade dos produtos de organizações econômicas da agricultura familiar que são identificados com o Selo Nacional da Agricultura Familiar (SENAF). Uma vez cadastrada na vitrine, e após a validação das informações pela SEAD, o selo já pode ser utilizado. Mais detalhes sobre o Selo podem ser obtidos aqui.

Este cadastro também tem o papel de aproximar a agricultura familiar do mercado consumidor, promovendo a rastreabilidade de origem. O próximo passo é iniciar a catalogação na plataforma de todos os produtos comercializados na feira, dando ao consumidor possibilidade de rastreabilidade rápida e pesquisa no site, em busca de informações sobre os produtos e contatos dos produtores.

O mesmo terá validade de dois anos, sendo possível solicitar/renovar, além de permitir a identificação de produtos como verduras, legumes, polpas de frutas, entre outros, garantindo a ampliação da abertura de mercado e oportunidades para a associação.

Trabalho do Projeto - Segundo o professor Livio Claudino, que é coordenador do Curso de Tecnologia em Agroecologia da Faculdade de Formação e Desenvolvimento do Campo (Fadecam), no Campus Abaetetuba, “essa conquista só foi possível graças ao processo recente de organização da feira, como a adequação documental, e da constante intervenção dos grupos de pesquisa e extensão da UFPA, com inúmeros bolsistas atuantes”.

O professor explica, ainda, a importância das ações realizadas pelos projetos para o reconhecimento da produção da comunidade local. “Além desse projeto, voltado mais para a organização e gestão da feira, há outros que vão desde as bases da produção agropecuária até a propaganda, que estão sendo desenvolvidos pelas equipes multidisciplinares, como estudos sobres os consumidores, circuitos curtos de comercialização, estratégias de marketing para a Agricultura Familiar, produção de adubos orgânicos, controle de pragas em plantas e manejo agroecológico dos solos.”

Após essa primeira conquista de reconhecimento e legitimidade, foi encaminhado um processo para a aquisição também do “Selo Nacional Quilombos do Brasil”.

Serviço:
Feira de Agricultura Familiar de Abaetetuba
Local: Av. Dom Pedro II, prédio da Emater – Abaetetuba
Datas: sextas e sábados, de 7 às12h.
Página no Facebook

Texto e arte: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página