Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > UFPA se prepara para Processos Seletivo Especial para indígenas e quilombolas 2019
Início do conteúdo da página

UFPA se prepara para Processos Seletivo Especial para indígenas e quilombolas 2019

  • Publicado: Segunda, 07 de Janeiro de 2019, 22h51

Banner Portal PSE 2019.2

Até esta quarta-feira, 9 de janeiro, os 199 estudantes indígenas e 2.104 estudantes quilombolas que se inscreveram no Processo Seletivo Especial 2019-1 (PSE2019-1) da Universidade Federal do Pará (UFPA) terão acesso ao cartão de inscrição para participar do concurso que, este ano, oferta mais de 600 vagas em pelo menos 179 cursos de graduação, distribuídos em 11 cidades paraenses.

“O cartão de inscrição possui informações importantes, como local e horário da primeira fase do PSE2019-1, que consiste em uma prova de redação em língua portuguesa. Como a prova está agendada para o dia 13 de janeiro, é importante que os estudantes que se inscreveram acessem seu cartão e se preparem para o certame”, orienta Arquimimo Almeida, diretor em exercício do Centro de Processos Seletivos da UFPA (Ceps).

Novidades - A seleção especial para ingresso de indígenas e quilombolas na UFPA, em 2019, conta com duas importantes novidades. A primeira é a disponibilização de quatro vagas, duas para indígenas e duas para quilombolas, no recém-criado curso de Graduação em “Conservação e Restauro”. Também é a primeira vez que os candidatos poderão se candidatar ao curso de Agroecologia, recentemente criado em Abaetetuba.

A segunda alteração é a possibilidade de preencher as vagas extras especiais pelos candidatos inscritos no processo, mas por uma categoria diferente de populações tradicionais.

Mais opções de ingresso - “Agora, as vagas ofertadas para quilombolas que não são preenchidas, mesmo após a aplicação da segunda opção de curso, podem ser ocupadas por candidatos indígenas e vice-versa”, resume Edmar Costa, presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos da UFPA (Coperps) e pró-reitor de Ensino de Graduação (Proeg).

Essa alteração busca ampliar as possibilidades de classificação de indígenas e quilombolas na UFPA, as quais já vêm aumentando nos últimos anos. Em 2016, foram classificados 25 indígenas e 219 quilombolas no PSE. No ano seguinte, foram classificados 38 indígenas e 287 quilombolas; e no PSE para 2018, foram 69 indígenas e 324 quilombolas classificados. “Apesar disso, no último edital, 285 vagas destinadas aos indígenas e 30 destinadas aos quilombolas não foram preenchidas”, detalha Edmar Costa.

Seleção – O PSE é composto de duas etapas. A prova de redação em língua portuguesa será realizada em 13 de janeiro, e as entrevistas individuais, de 12 a 15 de fevereiro. Este ano, indígenas poderão participar do concurso nas cidades de Altamira, Belém, Castanhal e Tucuruí, enquanto os quilombolas podem participar do PSE nas cidades de Abaetetuba, Altamira, Belém, Cametá, Castanhal e Soure. No máximo, até o dia 9 de janeiro, os candidatos terão acesso ao seu cartão de inscrição.

Serviço:
Cartão de Inscrição dos candidatos ao PSE 2019-1
PSE para candidatos indígenas e quilombolas
Até o dia 9 de janeiro
No sistema de inscrição e acompanhamento do concurso
1ª fase: 13 de janeiro
2ª fase: Entre os dias 12 e 15 de fevereiro.
Informações no site do concurso.

Texto: Glauce Monteiro – Assessoria de Comunicação da UFPA
Arte: MKT-Ascom

registrado em:
Fim do conteúdo da página