Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Belém recebe exposição internacional sobre Cultura de Paz
Início do conteúdo da página

Belém recebe exposição internacional sobre Cultura de Paz

  • Publicado: Quarta, 03 de Abril de 2019, 18h22

Expo LBanner 6

Pela primeira vez no Norte do Brasil, a exposição "Da Cultura de Violência para a Cultura de Paz", idealizada pela Soka Gakkai Internacional (SGI), estará em exibição, de 9 a 18 de abril, no Instituto de Ciências Jurídicas (ICJ) da Universidade Federal do Pará, em Belém. A iniciativa marca as comemorações dos 50 anos de atividades da SGI na Amazônia e dos 71 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A exposição, que é gratuita e aberta ao público, é uma realização da SGI, em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), e tem o apoio institucional da Escola Superior Madre Celeste (ESMAC),da Fundação Libanesa do Pará e da Carta da Terra Internacional.

373x212Expo LBanner 2A mostra é composta por quatro alas e um total de 38 painéis e tem o objetivo de promover uma ampla reflexão sobre as questões das armas nucleares e a segurança humana, colocando, no centro da discussão, a transformação do próprio ser humano para a construção de uma sociedade de paz.

"Conflito e desconfiança entre as comunidades, crime, violência e abuso doméstico, até mesmo um comentário maldoso. Tudo isso faz parte da cultura mais ampla da violência, que se inicia de forma silenciosa na forma de apatia, ignorando o sofrimento do outro", comenta Milton Fujiyoshi, coordenador regional da BSGI Amazônia Oriental.

Missão - A exposição que chega a Belém foi exibida pela primeira vez em Nova Iorque, em 8 de setembro de 2007, e tem a missão de propagar a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completou 70 anos em 2018.  Assim, todas as suas exibições apoiam a Campanha Stand up 4 Human Rights (Defenda os Direitos Humanos) lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para promover, envolver e empoderar as pessoas sobre os direitos humanos e tornar as relações humanas mais justas.

373x212 Expo LBanner 5As reflexões da exposição promovida pela SGI também serão impulsionadas por uma mesa-redonda sobre Cultura de Paz, no dia 10 de abril, às 18h30, no auditório do ICJ, numa parceria entre SGI, UFPA e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). As discussões sobre o tema serão conduzidas por Maria Ludetana, professora associada da UFPA e coordenadora do Plano Nacional de Formação de Professores (Parfor), Juliana Fonteles, advogada e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB no Pará, e Antonio de Castro, associado da Brasil SGI e professor adjunto e pesquisador do Núcleo de Medicina Tropical na UFPA.

SGI no Pará - Há quase 50 anos no Estado do Pará, a SGI conta com cerca de 5 mil associados e promove atividades em 32 municípios, tendo como base fundamental o genuíno diálogo, o humanismo e o desenvolvimento do potencial de cada pessoa na promoção da paz, educação e cultura. As exposições da SGI são iniciativas de ampla repercussão, tendo o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre temas de máxima relevância na atualidade.

Cerca de 23 mil visitantes já contemplaram as diversas exposições promovidas pela SGI no Pará, tais como: "Convivência e Esperança: Exposição sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento – A Amazônia"; "Desenhos das Crianças do Brasil e do Mundo"; "Diálogos pela Vida - Por uma Cultura de Paz"; e "Sementes da Mudança – A Carta da Terra e o Potencial Humano".

Serviço:
Exposição "Da Cultura de Violência para a Cultura de Paz"
Período: 9 a 18 de abril
Horários: de segunda a sexta, das 8h às 20h. Sábado, das 8h às 12h
Local: Instituto de Ciências Jurídicas da UFPA (Rua Augusto Corrêa, 01 - Guamá, Belém - PA, 66075-110).
Entrada franca.

Texto e fotos: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página