Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Língua e cultura do povo Wai Wai são tema de oficina do ILC e Prointer
Início do conteúdo da página

Língua e cultura do povo Wai Wai são tema de oficina do ILC e Prointer

  • Publicado: Quinta, 04 de Abril de 2019, 18h52

Expressões UFPA 02 Wai Wai Site UFPA ok

O Instituto de Letras e Comunicação (ILC), com o apoio da Pró-Reitoria de Relações Internacionais da Universidade Federal do Pará (Prointer), realizará, no próximo dia 11, a oficina “Povo Wai Wai: Introdução à Língua e à Cultura”, com o estudante indígena Rodrigo Gomes. O evento ocorre no Auditório Paulo Mendes, no ILC, a partir das 14h. As inscrições são gratuitas, abertas ao público, e podem ser feitas aqui.

A oficina faz parte do Ciclo de Oficinas Expressões UFPA, que tem como objetivo promover a diversidade linguística e cultural da Universidade. Para Rodrigo Gomes, discente de Odontologia, a oficina será uma oportunidade de dividir informações sobre o povo Wai Wai. “É uma oportunidade de conhecer detalhes do meu povo, nossa condição e quais línguas falamos. Nós temos nossa língua, não falamos português. Então esta será a minha forma de ajudar meu povo, divulgando a nossa língua, o que fazemos e o que pretendemos na vida acadêmica.”

O evento, além de tratar da língua Wai Wai, pretende mostrar uma das várias culturas indígenas presentes na Universidade, que hoje tem, em seu quadro, 222 alunos indígenas, de mais de 20 etnias diferentes, cursando graduação e pós-graduação. “Tem muitos indígenas de várias etnias aqui na UFPA. Nós temos que mostrar nossa realidade e contar nossas histórias para que a UFPA também possa conhecer a nossa realidade”, afirma Rodrigo Gomes.

Expressões UFPA – Em outubro do ano passado, o Consepe aprovou uma resolução que institui uma política linguística na UFPA. Essa política promulga o reconhecimento e a valorização da diversidade linguística do Brasil e da UFPA, a importância da aprendizagem de idiomas estrangeiros no contexto de internacionalização das universidades e a importância da promoção do português como língua internacional de estudo e de ciência. A resolução também enseja que o ILC, como unidade acadêmica que se concentra em línguas e culturas, assuma o protagonismo na criação de ações que implementem essa política.

“O objetivo do ciclo é dar a ver um pouco da diversidade linguística e cultural que já está presente na UFPA, seja por meio da presença de grupos ou de indivíduos – indígenas, quilombolas, estrangeiros, surdos etc. –, seja por meio de programas e ações institucionais, como o Idiomas sem Fronteiras e o curso de Português – Língua Estrangeira preparatório para o CELPE-Bras (Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros) ”, explica o professor Thomas Fairchild, coordenador do evento.

Esta é a segunda das 7 oficinas do Ciclo, previstas para ocorrer durante o primeiro semestre de 2019. Cada oficina tem um tema diferente, mas todas abordam algum aspecto da diversidade linguístico-cultural presente na UFPA. Na última oficina, foi abordada a língua africana Fon. Além dela, também serão abordadas uma jamaicana, uma oficina sobre Cinema em LIBRAS, uma sobre o Programa Idiomas sem Fronteiras e uma sobre o ensino da língua portuguesa como idioma estrangeiro. Além disso, o ciclo também contará com programações da Associação dos Discentes Indígenas (APYEUFPA) e da Associação dos Discentes Quilombolas (ADQ).

Serviço:
Oficina Povo Wai Wai: Introdução à Língua e à Cultura
Local: Auditório Paulo Mendes (ILC)
Data: 11 de abril
Hora: às 14h

Texto: Rafael Miyake – Assessoria de Comunicação da UFPA
Arte: Divulgação ILC

registrado em:
Fim do conteúdo da página