Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > UFPA celebra os 50 anos de sua Editora
Início do conteúdo da página

UFPA celebra os 50 anos de sua Editora

  • Publicado: Sábado, 06 de Abril de 2019, 23h33

Foto Alexandre de Moraes 6

Meio século de história. A Editora da Universidade Federal do Pará (ed.ufpa) lançou, nesta sexta-feira, 5 de abril, a marca comemorativa pelos seus 50 anos de existência e pela atuação para a difusão do conhecimento na Amazônia. A cerimônia contou com a participação de docentes, discentes e técnicos-administrativos que lotaram a plenária da Secretaria Geral dos Conselhos Deliberativos Superiores . A ed.ufpa foi fundada em 7 de abril de 1969, por meio da Resolução n°10/69, durante a gestão do reitor José da Silveira Netto, segundo reitor da UFPA.

373x212 Foto Alexandre de Moraes 3A marca, criada pelo designer gráfico Alexandre Souza, servidor do quadro técnico da Editora, tem um ponto como partida para representar toda a trajetória construída desde a fundação até os dias atuais desse órgçao que teve como antecedente a criação, em 1963, da Imprensa Universitária. As cores utilizadas são o cinza e o cereja, que remetem ao atual logotipo da ed.ufpa e, segundo o autor, dão a ideia de continuidade e de desenvolvimento desta fase que a Editora vivencia atualmente, desde a reestruturação pela qual passou em 2009. 

Participaram da mesa de apresentação da logomarca o reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho; o vice-reitor, Gilmar Pereira da Silva; o vice-presidente do Conselho da ed.ufpa, Carlos Alberto Maciel; e a diretora pró-tempore da Editora, Márcia Brito.

373x212 Foto Alexandre de Moraes 1Em sua manifestação, o reitor Emmanuel Tourinho destacou “a importância fundamental da ed.ufpa para que a Universidade cumpra plenamente a sua missão e a excelência com que essa tarefa tem sido executada por várias gerações de profissionais que nela atuam, ou atuaram. À atual equipe da ed.ufpa, dedicada, eficiente e coesa, registro o nosso grande reconhecimento e agradecimento.”

Segundo Tourinho, a qualidade do trabalho da ed.ufpa na promoção da ciência, da cultura e das artes tem grande reconhecimento interno e externo, contribuindo para um conceito muito positivo da UFPA. Como legado desses 50 anos de atuação, o reitor citou o grande valor do catálogo de publicações, em que figuram grandes autores, como Platão, José Saramago, Benedito Nunes, Ernesto Cruz, Inglês de Souza, Dalcídio Jurandir, Inocêncio Coelho, Domingos Antonio Domigos Raiol (o Barão de Guajará), Paulo Plinio Abreu, Roberto Santos, Vicente Salles, Max Martins, João de Jesus Paes Loureiro, Age de Carvalho, Carlos Reis e muitos outros, com destaque para pesquisadores da própria UFPA.

“Todo esse legado é motivo de orgulho para a UFPA e para a sociedade paraense, que acompanha e apoia o trabalho da nossa editora”, complementou o reitor.

373x212 Foto Alexandre de Moraes 7O vice-presidente do Conselho da Editora da UFPA, Carlos Alberto Batista Maciel, representou a professora Maria Sylvia Nunes, atual presidente. Ele destacou o fortalecimento das ações da ed.ufpa ao longo dos anos e pontuou que a Editora vem se expandindo de maneira ampla e consistente, com a missão de aproximar a comunidade acadêmica da produção de conhecimento e cultura por meio de uma trajetória muito bem-sucedida.

O vice-reitor, Gilmar Pereira, destacou o papel estratégico desempenhado pela Editora no que consiste em pensar, articular e promover o conhecimento acadêmico não apenas regional e nacionalmente, como também internacionalmente, uma vez que muitas das obras editadas pela Universidade são referência também lá fora.

373x212 Foto Alexandre de Moraes 2Entre as mais recentes conquistas alcançadas, a Editora reformulou seu padrão editorial, que está hoje entre os melhores do País; instituiu uma nova Política Editorial, com o protagonismo de seu Conselho Editorial; ampliou as linhas de publicação; estabeleceu regras para a submissão de originais; regulamentou o sistema de vendas da sua Livraria para prestar contas ao fisco de forma aberta e transparente, pelo que recebeu, da Secretaria de Estado da Fazenda do Pará, em 2015, o certificado de Promotor da Cidadania Fiscal, concedido anualmente a instituições públicas ou privadas que desenvolvam projetos de fortalecimento da consciência fiscal na sociedade; introduziu o uso de cartão de crédito e débito nas operaçõs de venda, participou de maneira muito qualificada, por meio de intensa programação e estandes temáticos, da Feira Pan-Amazônica do Livro, maior evento de fomento à leitura do Estado do Pará e o terceiro do Brasil; participou de feiras nacionais e internacionais, como a Bienal do Livro de São Paulo e a Feira Literária de Frankfurt – Alemanha; além, é claro, de ter realizado a edição e a coedição de obras que hoje são referências de publicações universitárias, como a coleção bilíngue dos Diálogos de Platão e a reedição da obra completa do poeta paraense Max Martins.

A cerimônia encerrou-se com a apresentação do professor da Escola de Música da UFPA Marcos Cardoso, que executou composições de Zequinha de Abreu, Waldemar Henrique e Ruy Barata ao saxofone. Após esse momento, os presentes cantaram parabéns para a aniversariante e cortaram o bolo. As comemorações pelos 50 anos da Editora da UFPA devem prosseguir durante o ano de 2019, e a próxima programação será um seminário sobre o livro, previsto para os primeiros dias de outubro.

O manual da marca dos 50 anos da ed.ufpa será, em breve, disponibilizado no site da Editora, acessível aqui.

Texto: Ascom|UFPA
Fotos: Alexandre de Moraes

registrado em:
Fim do conteúdo da página