Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Inscrições abertas para evento sobre educação pensada a partir das “minorias”
Início do conteúdo da página

Inscrições abertas para evento sobre educação pensada a partir das “minorias”

  • Publicado: Segunda, 08 de Abril de 2019, 18h39

Seminário pedagogias decoloniais

Como seria uma escola que ensina baseado em práticas, conhecimentos e realidades das minorias e dos subalternos? É sobre isso que um evento que será realizado na Universidade Federal do Pará (UFPA) em abril pretende refletir. Ficou curioso? Que tal escrever sua pesquisa ou experiência na programação?

As inscrições de trabalhos para participar do VIII Encontro de Pesquisa e Extensão e do I Seminário da Rede de Pesquisa sobre Pedagogias Decoloniais na Amazônia estão abertas até o próximo dia 19 de abril. Confira aqui a programação geral.

Rede de pesquisa na Amazônia - A programação é organizada pelo Grupo de Pesquisa em Educação, Infância e Filosofia (GEPEIF) da UFPA e também marca o início da Rede de Pesquisa sobre Pedagogias Decoloniais da Amazônia, que, além de pesquisadores da UFPA congrega pesquisadores de outras universidades públicas, como a Universidade do Estado do Pará (Uepa), a Universidade federal do Amazonas (UFAM), a Universidade Federal do Amapá (Unifap), a Universidade do Estado do Amapá (Ueap) e a Universidade Federal do Tocantins  (UFT).

Waldir Abreu, pesquisador da UFPA e um dos coordenadores do evento, explica que a pedagogia decolonial, tema do evento deste ano, debate a geração de conhecimentos sobre educação nas áreas consideradas subalternas do mundo como a América Latina, a África ou a Ásia. O que também inclui saberes e conhecimentos de populações e povos tradicionais como indígenas, quilombolas ou ribeirinhos.

“Valoriza o saber de quem foi invisibilizado” - “Ela é uma pedagogia de luta e de resistência que se contrapõe ao modelo de pensamento centrado na Europa ou nos Estados Unidos”, resume o professor.

Dar foco a quem pensa a educação a partir de realidades e desafios mais próximos “aos nossos” faz da pedagogia decolonial “uma garantia de direitos e uma forma de resistência contra todas as formas de dominação por, justamente, valorizar o saber e o conhecimento dos mais humildes, especialmente de comunidades que foram deixadas em segundo plano nessa visão eurocentrada do saber”, reforça Waldir abreu.

Serviço:
VIII Encontro de Pesquisa e Extensão
I Seminário da Rede de Pesquisa sobre Pedagogias Decoloniais na Amazônia
Inscrições até 19 de abril
Mais informações, acesse aqui.

Realização:
23 e 24 de abril
Auditório B do Instituto de Ciências da Educação da UFPA (ICED).
Confira aqui a programação completa.

Texto: Glauce Monteiro – Assessoria de Comunicação da UFPA, com informações da coordenação do evento.
Arte: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página